Buscar
  • Suzana Freire

O mais bem adaptado prevalece

Você escolhe seus clientes ou você atende todos que aparecem, inclusive aqueles que não valorizam seu serviço?

Escolher clientes não é capricho, escolher clientes é uma necessidade, e mais do que isso uma obrigação de uma empresa que quer melhorar, crescer e vender mais. E o cliente certo de quanto você abriu sua empresa, pode não ser mais o cliente certo de hoje.

Seus clientes não chegam até você à toa. Você comunica alguma coisa, você passa alguma coisa diferenciada para aquele cliente chegar até você. Se você não passar a mensagem certa, o cliente errado vai chegar até você. O cliente errado chegando até você, você vai ter mais dificuldade de vender, vai ter que dar mais descontos para vender e o pior de tudo ainda não falei. Se você atrai o cliente errado, muito certamente, ele vai ficar muito insatisfeito, porque você não é o que ele realmente procura. Então primeiro de tudo, decida muito bem que tipo de cliente você quer atender. A partir daí você deve alinhar toda sua comunicação para que o cliente certo venha até você.


Imagine-se passeando pelo shopping. Você entra em alguma loja que você acha que não tem nada a ver com você? Você olha para a vitrine, você olha o que ela comunica, e aí você já faz um julgamento, e a partir daí você decide se entra ou não. E dentro da loja tem que entregar aquilo que você imaginou lá fora a partir do que eles apresentaram. Isso é se comunicar da forma correta. Isso é ser assertivo.


Seja assertivo. Atraia o cliente certo. A velocidade e acesso a informações sem dúvidas acelerou a necessidade das empresas de se reinventarem para não caírem no obsoleto.


Por isso, nosso conselho é: esteja sempre em movimento. Estude. Pesquise notícias e novidades dentro e fora do seu mercado. E o mais importante: tenha a mente aberta para mudanças. Não necessariamente o que funcionou por anos no seu negócio vai continuar te fazendo crescer daqui pra frente.

Na Mentoria Imersiva, te ensinamos a escolher o cliente que te faz bem, a alinhar sua comunicação para atraí-lo e organizar os processos para deixá-lo satisfeito.