Buscar
  • Suzana Freire

Não ache que todo mundo sabe de tudo

Não caia no erro de entrar na bolha do seu negócio e esquecer de pensar com a cabeça do seu cliente ao criar um conteúdo.


Lembre-se que o que parece óbvio para você - que vive o seu mercado todos os dias - para o cliente pode não ser, por isso o melhor caminho é sempre descomplicar.


Comece falando sobre o básico de forma simples e evite termos muito técnicos que podem não ser compreendidos em uma lida rápida.


É extremamente importante você ter um público que se identifique mais fortemente com o que você oferece, não adianta, por exemplo, você querer vender tênis infantis para pessoas idosas. Por isso sua comunicação precisa ser descomplicada e direcionada para seu público alvo.

Criar identificação de um nicho com sua marca é o que você deve buscar sempre. Identificar qual é seu público alvo e trabalhar para se comunicar com ele constantemente é fundamental para o sucesso do seu trabalho. Mas a pergunta que sempre recebemos é: Como definir meu público alvo?


Para defini-lo, comece respondendo:


- Para quem seu produto é voltado? Homens ou mulheres?

- Qual a média de idade dessas pessoas?

- Essas pessoas possuem alguma formação?

- Qual o poder aquisitivo delas?

- Em qual classe social estão?

- Onde elas moram?

- Quais restaurantes, shoppings e lojas frequentam?

- Que tipo de conteúdo elas consomem?

- Que tipo de informação as atraem?

- Com que frequência elas têm necessidade de consumir o seu produto?


Estando com essas informações respondidas, é possível começar a traçar estratégias para conversar diretamente e de forma correta com esse público.

Assim garantir que sua empresa não fique estagnada e caminhe em direção ao sucesso. Ainda tem dúvidas sobre o tema? Entre em contato pelo nosso site e saiba mais sobre nossas mentorias.